Família Marianista

Comunidades Leigas Marianistas

A Família Marianista teve início com as Comunidades Leigas, em 1801, em Bordeux, na França, onde o fundador, o Beato Guilherme José Chaminade, após regressar do exílio na Espanha, inspirado pela virgem do Pilar, deu início ao seu projeto de recristianizar a França, para reavivar a fé Cristã, num momento da história em que igrejas eram fechadas, as pessoas cultuavam a razão afastando-se de sua fé.

As CLMs - Comunidades Leigas Marianistas - são uma das ramas da Família Marianista. Primeira fundação do Beato Guilherme J. Chaminade,após regressar do exílio na Espanha, tiveram seus primeiros passos dados em 1801. Formadas por leigos: homens e mulheres, adultos e jovens, casados e solteiros, todos unidos numa vocação comum: Viver a fé do coração, em comunidade, num mesmo jeito de ser.

 

Temos nossa inspiração em Maria, a Mulher do SIM, que viveu plenamente sua fé, com humildade e perseverança, escutando, acolhendo e amando.

 

De mãos dadas com a horizontalidade, uma das características que marcam a Família Marianista, os leigos têm seu lugar e sua voz dentro da família, o que faz com que realmente sintamos essa pertença de maneira profunda. Temos formação diferente: Padre, Irmão, Irmã, Leigo, mas um mesmo jeito de ser no mundo.

 

No Brasil, a primeira Comunidade Leiga nasceu em Bauru, em 1986. Formada por jovens da paróquia de São Sebastião, que procuravam uma outra maneira de participar na Igreja. Antes do ano de 1993, quando aconteceu o primeiro encontro mundial dos grupos de leigos e leigas marianistas, as CLMS eram chamadas carinhosamente de Fraternidades Marianistas. Hoje em Bauru temos duas CLMS, e trabalhamos em conjunto com alguns religiosos em nossa missão: "Projeto Caná". Através de nossa missão e nossa presença na Igreja local e na cidade, difundimos o carisma marianista e lançamos as sementes, acreditando sempre que Deus nos encaminhará novas vocações.

Em Marília, a primeira CLM foi formada no ano de 2001 e atualmente existem três comunidades com 31 membros no total, as três comunidades têm reuniões semanais, nas quais partilham suas vivências, fortalecem a espiritualidade e a fé. As reuniões são realizadas na residência dos religiosos Marianistas, e sempre na primeira sexta-feira do mês a reunião é conjunta com celebração da eucaristia. Os leigos marianistas em Marília, promovem os “Sábados com Maria”, momentos de reflexão e oração, abertos para toda a comunidade.

Em Campinas temos duas CLMs: Vigor e Aliança, que reúnem-se quinzenalmente, nas casas dos participantes, aos domingos nos reunimos para a eucaristia na casa das Irmãs as18h e depois partilhamos algo.

 

Nosso desafio é Ser Homens e Mulheres de fé, deixando-se formar por Maria, para viver as virtudes de Jesus em nosso dia a dia: na família, no trabalho, em todos os momentos de nossas vidas, é viver em missão.